segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Emigrantes expulsos do Continente

Uma família de emigrantes, naturais da Rinchoa, e a viver em França à 16 anos, foi expulsa do Continente da Amadora ontem à noite, por não se comportarem como verdadeiros emigrantes portugueses.
O trabalhador da construção civil Tó, a sua mulher e empregada de limpeza Vanessa, e os seus três filhos, foram avisados quatro vezes nas secções de charcutaria e produtos de limpeza, por não estarem a falar suficientemente alto e com sotaque francês. Um dos elementos da segurança privada do Continente confirmou a este blog que foi chamado à atenção por vários clientes, porque aquela família não chamava os filhos de João Michel, nem dizia coisas como “Vanessa já te disse pra ires rechercher le papier higiénico…hier já tive que limpar o queue com as mains…dasssssssse”. Para além deste comportamento estranho, esta família não tinha nenhuma camisola do Benfica vestida, fios de ouro ao pescoço ou a unhaca preta do dedo mindinho.
“Quando os vimos entrar, pareciam normais. O homem tinha uma tatuagem “Amor de mãe”, a mulher tinha a depilação por fazer e os filhos eram obesos e tinham Doritos a escorrer da boca”, comentou o gerente daquele estabelecimento comercial. “Decidimos actuar a partir do momento em que vimos que a família preferiu levar uma garrafa de vinho Brunhedas Vinhas Velhas de 2000, em detrimento de uma grade de minis.”
Tó disse à Agência Lusa que ficou perplexo com a expulsão do Continente. “Fomos tratados como animais. Quando estávamos a ser escoltados para fora do Hipermercado, as outras famílias de emigrantes que estavam a fazer compras, bateram palmas, e uma mulher disse inclusivamente que nós devíamos ter vergonha de dizer que éramos emigrantes portugueses.”
Ao que parece, este comportamento estranho não teve o seu início naquele estabelecimento comercial. Segundo um comunicado da TAP divulgado hoje, esta família já tinha provocado desacatos no seu voo, ao serem as únicas pessoas que não bateram palmas quando o avião aterrou.
Abraços.

3 comentários:

Lisa disse...

Afinal foram esses que não bateram palmas no meu voo. Está tudo explicado.

Teixeira disse...

Excelente texto. Gostei.

:)



[[]]

adriano19 disse...

Tenho que te dar os parabéns Paulo, este post está super divertido!

Simplesmente continua a fazer comédia porque tens imenso jeito, quem sabe algum dia com estes trabalhos engraçados e se acreditares ainda poderás vir a ter um programa só teu.