domingo, 11 de janeiro de 2009

Polémica em chat de internet

Uma sala de chat da internet foi hoje abruptamente encerrada depois de vários utilizadores terem consumado aquilo que alguns especialistas já estão a apelidar de “um debate ajuizado e inteligente”. Embora os detalhes ainda sejam escassos, o desencadear da discussão ajuizada foi aparentemente caracterizado por desacordos educados, criticas construtivas e linguagem moderada. A discussão no fórum do site de cinema “eugostotipobuédefilmesmassaco-osnanetamesma.com” foi gerada por um utilizador que queria discutir o último filme do Batman e que colocou o tópico “Batman: verdade ou utopia” como proposta de tema. Vários utilizadores rapidamente se juntaram a esta conversa até que a discussão disparou. Um dos moderadores disse em estado de choque que “regra geral alguém acaba sempre por discordar com algo que outro utilizador do mesmo fórum tenha dito, até acabar alguém por dizer, “o Batman é gay, LOL”. Logo a seguir, alguém responde “a tua mãe gosta de bodes LOLADA GERAL!”. Depois o outro responde dizendo que ele é “TECLA 3” levando a que os insultos cresçam numa espiral de obscenidade sem controlo e sentido. É a chamada etiqueta base dos fóruns de internet.” Mas aparentemente os visitantes que estavam a opinar sobre o Batman ignoraram todas as convenções estabelecidas causando algum desconforto aos utilizadores mais experientes dos fóruns. Um dos visitantes chegou mesmo a comentar que “o realizador fez um trabalho da mais alta qualidade” e que “o último papel do Heath Ledger foi notável”, enquanto outro disse “sentir algumas reservas sobre o conteúdo temático latente” mas descreveu o filme como “um filme trágico que salta para além das suas origens transformando-se numa tragédia crescente.” Quando os utilizadores começaram a usar letras maiúsculas e minúsculas e a não fazer abreviaturas, imediatamente vários alarmes soaram porque a discussão estava a quebrar todas as regras dos chats de internet levando a que os moderadores encerrassem o fórum instantaneamente.
Embora alguns utilizadores dessem a entender que isto se tratava de um acto claro de censura, o dono do site defendeu os seus funcionários dizendo, “Mas onde é que o mundo está a chegar se 4 ou 5 adolescentes cheios de raiva para com esse mesmo mundo não podem ter um pouco de satisfação por começar uma discussão sem qualquer nexo com pessoas que nunca viram na vida?! Esta é a verdadeira essência da internet!” Um utilizador que não quis revelar a sua identidade, discordou veementemente afirmando que “este tipo de censura apaneleirada é justamente o que está mal na nossa sociedade” acrescentando, “PS: pede as minhas cuecas à tua mãe porque me esqueci delas em tua casa ontem à noite…LOL!”
Abraços.

1 comentário:

piriri disse...

gostei do texto. a ironia ao serviço da caricaturização. abraço