terça-feira, 20 de dezembro de 2005

"És pouco boa és..."

Ouvir a música “You´re beautiful” do James Blunt na rádio a toda a hora deixa-me aborrecido. Hoje decidi traduzir a letra e qual não foi o meu espanto quando descobri o verdadeiro sentido desta música...sentido esse que vou agora partilhar para ver se de uma vez por todas, esta música deixa de passar na rádio. Portanto, o título é “És pouco boa és...”e o resto é mais ou menos assim...

A minha vida é brilhante...para te dar um exemplo, é tipo os coletes reflectores obrigatórios em todos os veículos automóveis.

A minha vida é brilhante...para te dar um exemplo, é tipo os coletes reflectores obrigatórios em todos os veículos automóveis,
O meu amor é puro, tal e qual uma grama de coca da Colômbia,
Eu vi os anjos,
No Natal dos Hospitais,
Ela olhou para mim no McDonalds,
Ela estava a comer um Big Mac,
Mas eu estava a comer um Double Cheese,
E tenho um plano para a conquistar.

És pouco boa és. És pouco boa és.
És pouco boa és, epá, é verdade.
Eu vi a tua cara de rameirita, no Mac do Colombo,
E agora não sei o que fazer,
Porque eu sei que nunca irei ficar contigo porque eu moro em Lisboa e tu em Bragança e não tenho carro para ir ter contigo quando me apetecer.

Sim, ela conseguiu prender o meu olhar,
Quando eu pedia uns molhos ao empregado,
Ela apercebeu-se pela cara que eu estava a fazer,
Que eu estava a ficar a ficar um bocado irritado porque me queriam levar dinheiro pelos molhos, estava mesmo chateado,
E acho, mas não quero afirmar nada, que nunca mais lhe vou por os olhos em cima,
Mas partilhámos ali um momento, epá...foi um momento...epá...daqueles...

És pouco boa és. És pouco boa és.
És pouco boa és, epá, é verdade.
Eu vi a tua cara de rameirita, no Mac do Colombo,
E agora não sei o que fazer,
Porque eu sei que nunca irei ficar contigo porque eu moro em Lisboa e tu em Bragança e não tenho carro para ir ter contigo quando me apetecer.
És pouco boa és. És pouco boa és.
És pouco boa és, epá, é verdade.
Deve existir por aí um anjinho que tem a mania que é engraçadito e que pensa que é muito giro gozar com a cara das pessoas,
E que me fez acreditar que um dia eu poderia ter uma rameirita como tu,
É chato, mas é altura de encarar a verdade,Eu nunca irei ficar contigo porque eu moro em Lisboa e tu em Bragança e não tenho carro para ir ter contigo quando me apetecer.
Abraços.

6 comentários:

Sarita disse...

Gostei mt da versão.Mt boa mm (é pouco boa é!)! Qual james blunt qual kê?!
Baci ;)

Alcómicos disse...

Excelente!
RSC

Inês Ramos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Inês Ramos disse...

Olá Paulo!

É para te deixar votos de um Bom Natal e um Feliz Ano Novo! BJ0s

Chibo Ranhoso disse...

Tá muito boa tá.

a_pinguina disse...

hum... gostei... gostei mesmo! quase que dá para cantar com o karaoke!

bom ano